Os pesquisadores do Centro de Pesquisa em Cybersegurança da Universidade Ben-Gurion de Israel trabalham com computadores totalmente offline e encontraram uma forma de invadir computadores isolados: Roubar informações a partir dos ventiladores da CPU. Para os pesquisadores, a ideia é justamente desconstruir o mito de que computadores isolados estão livres de ataques.

No relatório transmitido pela universidade, os pesquisadores afirmam:
Nós propusemos um método que usa o som emitido pelo ventilador do computador como um meio para extrair dados. Mostramos que a onda acústica emitida pela CPU pode ser regulado e controlado.

O vírus chamado de Fansmitter (Ventitransmissor), entra no computador e, muito discretamente, toma conta do ventilador. O que o vírus é capaz de fazê-lo produzir uma frequência acústica específica. Assim, o ventilador traduz para ondas sonoras qualquer informação em código binário. Como essa é a linguagem das máquinas, qualquer arquivo ou senha do seu computador pode ser vazado dessa forma.

A partir daí, o intuito é que a  informação seja enviada para qualquer aparelho conectado com a internet que tenha um microfone – um celular, por exemplo.

Porém, o método tem limitações. O receptor (celular, no caso) precisa estar a até 8 metros de distância da máquina invadida. Outro problema é que essa técnica só transmite 900 bits por hora, o que significa que roubar uma senha de 12 dígitos é possível, mas um backup de um computador inteiro está fora de cogitação.

Via: Super Interessante

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *